4 cuidados para manter sua pele hidratada

Pele hidratada | Clínica de estética no centro de guarulhos

Veja um conteúdo completo sobre hidratação da pele, quais tipos de pele existem e quais medidas a serem tomadas para os cuidados simples do dia-a-dia.

Pele hidratada | Clínica de estética no centro de guarulhos

Manter a pele hidratada é fundamental para manter sua saúde e beleza.

Uma pele hidratada é mais resistente a agressões externas, como poluição e raios solares, além de ter uma aparência mais saudável e radiante.

Porém, para manter a pele hidratada, é preciso que o organismo como um todo também esteja hidratado, afinal, hidratação não é só questão estética, mas sim de saúde!

Para isso, explicamos a seguir 4 cuidados para manter sua pele hidratada e saudável:

Cuidados para manter a pele hidratada

Quais são os 5 tipos de pele?

Cada pessoa tem suas particularidades e seus diferentes tipos de pele, que irão depender da cor da pele, da produção de óleo, perda de água e entre outros fatores.

Os 5 tipos de pele são: oleosa, mista, normal, sensível ou seca.

  1. Pele oleosa: É o tipo de pele em que há maior produção de sebo, devido à predisposição genética ou fatores hormonais. Ela tem uma aparência brilhante e poros visíveis ou dilatados.
  2. Pele mista: É uma pele que se apresenta com pele seca ou normal em algumas partes e oleosa em outras. Geralmente, a região oleosa é chamada de zona T (testa, nariz e queixo).
  3. Pele normal: É uma pele equilibrada, nem seca e nem oleosa, com poros pequenos e tom de pele uniforme e macio.
  4. Pele sensível: Geralmente é decorrente de alguma alteração patológica, alergias ou predisposição genética, geralmente apresentando vermelhidão, coceiras e rachaduras.
  5. Pele seca: Geralmente apresenta aparência opaca e até esbranquiçada.

Como funciona o processo de desidratação da pele?

O processo de desidratação da pele pode ser causado por fatores externos (exógenos), como :

  • clima
  • radiação solar
  • contato com produtos de limpeza
  • hábitos de higiene inadequados

Mas também pode ser causado por fatores internos (endógenos), como:

  • Envelhecimento
  • Impactos hormonais e fisiológicos
  • Doenças que desencadeiam o ressecamento

Quais cuidados devem ser tomados para manter a pele hidratada?

1. Beba bastante água

Parece óbvio, mas não é! De nada adianta manter a skin care em dia e não beber água, certo?!

Isso porque a hidratação da pele se inicia de dentro para fora, portanto, beber bastante água ajuda a manter o organismo hidratado e, consequentemente, a pele. Entenda:

O corpo humano adulto é formado de, em média, 70% de água, a qual se encontra em alto percentual nas nossas células e fluidos corporais (como o sangue, por exemplo).

Em crianças, essa porcentagem de água se dá em torno de 75% do peso corporal, e em idosos de 55%.

Na hidratação da pele, existe o Fator de Hidratação Natural (Natural Moisturizing Factor – NMF), que é muito importante para a aparência e textura da pele e depende muito da quantidade de água no organismo.

Veja na figura a seguir que a nossa pele é formada por camadas:

Desenhos evidenciando as camadas da pele em epiderme, derme e hipoderme. E as camadas da epiderme em estrato córneo, lúcido, granuloso, espinoso e basal.

A quantidade de água na camada superior da epiderme, o estrato córneo, é fundamental para que não haja ressecamento da pele. Quando esse teor de água reduz, tem-se ressecamento, rugosidade, descamação e perda de brilho.

Por isso, é extremamente importante beber água!

Atenção: consumir alimentos ricos em água é importante, porém não substitui a ingestão da água em forma líquida.

2. Use protetor solar

A radiação solar contém a radiação ultravioleta (UV), que é divida em UVA, UVB e UVC.

A radiação UVC é altamente absorvida pela camada de ozônio, portanto, nos atinge pouco.

A radiação UVB é a mais energética e é intensamente absorvida pela epiderme. Pelo fato de ser a mais energética, é a responsável por gerar danos agudos e crônicos à pele, como manchas, queimaduras, descamação e câncer de pele.

Já a radiação UVA é a menos energética e penetra profundamente na pele, atingindo a derme. Com isso, é responsável pelo envelhecimento precoce e contribui para o desenvolvimento de câncer.

Entendendo isso, se faz essencial o uso de protetor solar, principalmente com uma combinação de filtros UVA e UVB.

Alguns itens importantes a se avaliar na qualidade de um bom protetor solar:

  • Não deve ser tóxico
  • Deve ser resistente à água
  • Deve ser insípido, inodoro e incolor
  • Deve ser estável na pele humana e no calor
  • Não deve ser irritante, sensibilizante ou fototóxico
  • Deve recobrir e proteger a superfície da pele, mas não deve penetrá-la.

3. Use um hidratante corporal

Existem diversos tipos de hidratantes para a pele, de forma que seu uso irá depender do tipo de pele:

  • Hidratação por oclusão: indicada para pessoas com pele seca, de forma que reduz a evaporação da água presente na pele, mantendo a umidade nas camadas por meio de uma barreira de lipídios. Para isso, são utilizados cosméticos mais oleosos;
  • Hidratação por umectação: é um tipo de método em que o produto retém a umidade do ar ou de dentro das células para utilizar na hidratação da pele. É mais indicado para peles oleosas. Para isso, são utilizados cosméticos com gliceróis, colágeno e D-pantenol, por exemplo;
  • Hidratação ativa: é uma mistura dos dois anteriores, de forma que as peles normais e secas se beneficiam. Para isso, são utilizados cosméticos com aminoácidos, ureia e ácido hialurônico, por exemplo.

Para saber qual produto usar, é importante consultar uma esteticista e entender qual o seu tipo de pele para aplicar o produto correto.

4. Faça esfoliação

A esfoliação é um procedimento que ajuda a renovar as células da pele, retirando aquelas células mortas e impurezas e devolvendo à pele seu aspecto natural, com sua textura e uniformidade, além de ajudar na absorção dos produtos hidratantes.

Essa esfoliação pode ser do tipo química, física ou enzimática:

  • Esfoliação física: é realizada por meio do atrito entre a pele e as pequenas partículas presentes no cosmético. Também pode ser feita por meio de peelings físicos, como peeling diamante.
  • Esfoliação química: é feita por meio de substâncias químicas que fazem com que as células mortas “se desprendam” da pele, como o ácido glicólico, ácido lático, ácido mandélico e entre outros.
  • Esfoliação enzimática: é feita com o uso de enzimas que “digerem” as células mortas, podendo ser naturais como abacaxi, romã e mamão ou sintéticas, em diversos cosméticos.

Conclusão

A desidratação é um processo natural da pele frente a fatores externos ou internos, mas que precisa ser dada a devida atenção.

Adotar atitudes como beber água, usar protetor solar, usar hidratantes corporais e fazer esfoliação pode ser uma forma de criar hábitos para cuidar da pele no dia-a-dia.

Outras atitudes como praticar esportes, evitar banhos muito quentes e entre outros podem também ser ótimos aliados para a sua pele.

Entre em contato conosco e faça uma avaliação gratuita para a sua pele! Oferecemos diversos tratamentos para atender todas as necessidades.

Iniciar conversa
1
Estética Silvana Araújo
Olá!
Podemos ajudar?